contador de visitantes
Quarta, 20 de setembro de 201720/9/2017
67 981813406
Ensolarado
20º
36º
36º
Maracaju - MS
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,73
INTERNACIONAL
Trump condena violência em Charlottesville e pede união entre americanos.
Trump pediu união e condenou as atitudes violentas.
Alessandro Pereira Dias Maracaju - MS
Postada em 12/08/2017 ás 19h22 - atualizada em 13/08/2017 ás 02h52
Trump condena violência em Charlottesville e pede união entre americanos.

Donald Trump


O presidente dos EUA, Donald Trump, condenou a violência que desencadeou em Charlottesville, no Estado de Virginia (EUA), nesta manhã antes do início de um protesto marcado por grupos defensores da supremacia branca. Supremacistas e grupos opositores da manifestação atiraram objetos, além de trocar ofensas, socos e chutes entre si na manhã deste sábado.


Em sua conta no Twitter, Trump escreveu que “nós TODOS devemos estar unidos e condenar todos os que representam o ódio. Não há lugar para esse tipo de violência na América. Vamos juntos como um!”.



Am in Bedminster for meetings & press conference on V.A. & all that we have done, and are doing, to make it better-but Charlottesville sad!



Um dos organizadores, o blogueiro de extrema-direita Jason Kessler, disse que o evento se trata de uma manifestação “pró-brancos” para protestar contra a decisão de Charlottesville de remover uma estátua do General Confederado Robert E. Lee de um parque da cidade. Milhares de pessoas eram esperadas.


A prefeitura da cidade declarou estado de emergência e, através de sua conta no Twitter, descreveu o ato como uma “iminente guerra civil”. De acordo com a polícia, alguns manifestantes foram detidos e ao menos duas pessoas ficaram feridas.


A primeira-dama dos EUA, Melania Trump, também condenou o confronto através de sua conta no Twitter. “Nosso país incentiva a liberdade de expressão, mas vamos nos comunicar sem ódio em nossos corações. Nada de bom vem da violência”, escreveu.



FONTE: Joven Pan
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade

Mais lidas do mês

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Bolsonaro
55 votos - 47.8%

Tiririca
26 votos - 22.6%

Lula
18 votos - 15.7%

Ciro Gomes
16 votos - 13.9%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium