contador de acessos
Sábado, 18 de novembro de 201718/11/2017
67 999069758
Nublado
21º
23º
26º
Maracaju - MS
Erro ao processar!
Economia & Negócios
Economia & Negócios

Tudo sobre economia e negócios.

ECONOMIA
MS tem o maior taxa de desemprego desde 2012.
Mesmo com 123 mil desempregados, MS ainda mantém saldo positivo no balanço do mercado de trabalho divulgado pelo Caged.
Alessandro Pereira Dias Maracaju - MS
Postada em 18/08/2017 ás 13h22 - atualizada em 18/08/2017 ás 19h22
MS tem o maior taxa de desemprego desde 2012.

A taxa de desocupação em MS chega a 8,9%, no primeiro trimestre de 2017. São 123 mil desocupados em todo estado, este é o maior índice para o período desde 2012, de acordo com a PNDA (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, divulgada nesta quinta-feira(17) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).


Na comparação com igual trimestre de 2016, o total de desocupados era de 7%, ou seja, 95 mil pessoas desempregadas. O que significa um aumento de 28 mil trabalhadores em busca de uma oportunidade de trabalho, em apenas um ano.


Apesar da alta taxa de desemprego, o balanço do mercado de trabalho em Mato Grosso do Sul, no acumulado de janeiro a julho de 2017, ainda mantém um saldo positivo, com geração de 2444 novas vagas no Estado, mesmo com a destruição de 1827 empregos formais ocorrida no mês de julho deste ano, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).


Esse resultado negativo no mês de julho, segundo a Coordenadoria de Economia e Estatística da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), foi fruto de uma retração forte no setor de serviços especificamente no subsetor de Alimentação e Alojamento. No acumulado dos últimos 12 meses resultou em 3294 vagas a menos.


Alguns setores, no entanto, não seguiram essa tendência mantendo valores positivos de geração de empregos. Foi o caso da Agropecuária, que acumula nos 12 meses 294 novas vagas de empregos geradas e do Comércio, que vem em recuperação apresentando saldo positivo nos últimos 12 meses de 183 novas vagas geradas. O setor industrial vem apresentando retração de 670 vagas, tendo como principal responsável a Construção Civil que fechou 518 vagas nos últimos 12 meses.


No acumulado de janeiro a julho de 2017, os valores positivos têm como destaque a Agropecuária, com 2223 novas vagas, Transportes e comunicação com 1096 novas vagas e Administração de Imóveis com 1088 novas vagas. “A grande diferença entre janeiro a julho de 2017 para 2016 foi a concentração da geração de emprego em determinados subsetores, enquanto que em 2016 havia uma distribuição mais uniforme das vagas”, comenta o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.


Em relação a questão regional, houve uma reversão de tendência em Três Lagoas, que agora se configura como um dos municípios com os piores resultados na geração de novas vagas. Entre as cidades com geração positiva de empregos formais, os destaques são Costa Rica e Caarapó, com 648 e 636 novas vagas, respectivamente.


 Sistema Gerenciamento de Sindicato

FONTE: Internet
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Alessandro Pereira Dias
Alessandro Pereira Dias

Desenvolvimento de sites e portais para web
Vendas de Sistemas de Automação Comercial
Vendas de Sistemas de Agronegócios

Maracaju - MS

Publicidade

Facebook

Publicidade

como conquistar a mulher dos seus sonhos.

Publicidade

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Bolsonaro
61 votos - 44.5%

Tiririca
39 votos - 28.5%

Lula
20 votos - 14.6%

Ciro Gomes
17 votos - 12.4%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium