contador de acessos
Sábado, 16 de dezembro de 201716/12/2017
67 999069758
Trovoadas
22º
30º
32º
Maracaju - MS
Erro ao processar!
TECNOLOGIA
Golpes por meio do WhatsApp ficam mais sofisticados; saiba como evitar.
Golpistas usam imagens de pessoas públicas e grandes marcas para lesar o consumidor por meio de aplicativo de mensagens.
Alessandro Pereira Dias Maracaju - MS
Postada em 25/10/2017 ás 12h22
Golpes por meio do WhatsApp ficam mais sofisticados; saiba como evitar.

Golpes utilizando o whatsapp são mais frequentes.

Com mais de 120 milhões de usuários no Brasil, o WhatsApp tem se tornado um canal cada vez mais comum para aplicação de golpes. Uma das fraudes mais recentes a se espalhar usa a figura do jogador de futebol Neymar para induzir o usuário a contratar um serviço adicionai sem prévia autorização ou informações sobre os custos.

No golpe, a pessoa recebe uma mensagem para baixar um aplicativo para “escalar Neymar” em um time internacional e mudar a tela de fundo do Whatsapp.

Quando o usuário baixa o app, ele coloca o número do celular para finalizar o processo. O golpe é finalizado e o consumidor, sem saber, acaba de contratar um serviço adicional semanal de R$ 3,99 da Mobsfun, empresa controlada pela Interract2media, com sede em Cingapura.

Outro golpe recente praticado por fraudadores envolve a empresa de cosméticos Boticário. Mais de 1 milhão de pessoas caíram no golpe que prometia um vale-presente no valor de R$ 150, segundo a empresa de segurança digital Psafe.

Cobrança é feita pelas operadoras

Para que o usuário efetivamente pague ao cair no golpe, é necessário que as operadoras de telefonia móvel autorizem e firmem um contrato com companhias de serviços adicionais. Na maioria das vezes, o serviço contratado é legal. Mas, em alguns casos, os criminosos se aproveitam do sistema de pagamento das operadoras para aplicar golpes milionários nos usuários.

Para Rafael Zanatta, advogado e pesquisador em telecomunicações do Instituto de defesa do consumidor (IDEC), as operadoras deveriam ter uma verificação mais rigorosa para evitar que esse sistema de pagamento fosse usado por empresas ilícitas. “ O problema é a falta de regras, não há uma forte investigação para descobrir quem são os terceiros que exploram o consumidor. Muitas vezes, a operadora tem sua própria legislação, é um mercado completamente desregulamentado”, diz.

Como se prevenir

Checar a origem da promoção e conversar com outras pessoas sobre a veracidade das campanhas das marcas pode ser uma boa saída para evitar esses fraudes, como explica Emílio Simoni, diretor do laboratório de segurança da PSafe. “ Os hackers são muito oportunistas. Mesmo que o usuário receba esse tipo de mensagem de algum familiar, deve desconfiar. Pesquise a origem dessas promoções, ligue no SAC da empresa, vá a uma loja física e instale um antivírus capaz de reconhecer páginas falsas”.

É possível reaver o dinheiro perdido em golpes pela internet. O consumidor pode pedir o estorno para a própria operadora, que tem a obrigação de ressarci-lo em dobro, em até dez dias, de acordo com Zanatta. Caso a empresa se recuse a fazer a restituição, o consumidor pode entrar em contato com a Anatel e explicar o ocorrido. Se, ainda assim, não seja resolvido pela Agência, a indicação é procurar o Procon da cidade em que ele mora e fazer uma reclamação diretamente na área de serviços adicionais.

A Istoé entrou em contato com as operadoras Vivo, Claro, Oi e TIM. As operadoras informaram que adotam políticas de segurança rigorosas para cadastro de empresas parceiras.
FONTE: Agência Brasil
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

Publicidade

Como conquistar o hoemen dos seus sonhos
Facebook

Publicidade

como conquistar a mulher dos seus sonhos.

Publicidade

Mais lidas do mês

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Bolsonaro
61 votos - 43.0%

Tiririca
40 votos - 28.2%

Lula
22 votos - 15.5%

Ciro Gomes
19 votos - 13.4%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium